• Paróquia Santo Antônio

PENTECOSTES: Seu verdadeiro sentido

O que é Pentecostes?


Considerada uma das solenidades mais importantes para a Igreja Católica, a festa de Pentecostes marca a unção do Espírito Santo sobre os apóstolos de Jesus e a Virgem Maria. A ocasião é recordada anualmente sempre 50 dias após o Domingo de Páscoa e algumas catequeses também a nomeiam como “aniversário da Igreja Católica”.


O que aconteceu no dia de Pentecostes?


Assim, 50 dias após o Domingo de Páscoa, os discípulos e seguidores de Jesus estavam com a Santíssima Virgem, reunidos para celebrar a festa da colheita, quando o Espírito Santo desceu na Terra e os ungiu com o poder dos seus dons. A partir daí aqueles que foram abençoados começaram a falar em voz alta e pregar os ensinamentos de Cristo com as línguas que eram faladas ao redor do mundo inteiro.


Pentecostes marcou a certeza dos discípulos de que Jesus havia mesmo ressuscitado dos mortos, após o período de quase 2 meses, em que era trabalhado com Deus o convencimento de que o milagre foi real. Por esse motivo, muitos consideram a data também o aniversário da Igreja Católica, pois foi por meio dela que os trabalhos dos discípulos como verdadeira Igreja começou.


Pentecostes e o Judaísmo


Assim como os judeus também possuíam a comemoração da Páscoa, Pentecostes também era uma data marcada no antigo calendário da religião. A solenidade se tratava de uma festa em função da época da colheita dos alimentos, para celebrar a vida e benção que se aproximava.


A data possuía uma variante, pois dependia da época de colheita dos frutos, trigo e da cevada, ambos alimentos que, como forma de gratidão, eram ofertados a Deus. A data também celebrava o aniversário da libertação da escravidão no Egito e foi instituída no Antigo sacramento, iniciada por volta de 1500 anos antes de Cristo.


Passagem Bíblica


Chegando o dia de Pentecoste, estavam todos reunidos num só lugar. De repente veio do céu um som, como de um vento muito forte, e encheu toda a casa na qual estavam assentados.E viram o que parecia línguas de fogo, que se separaram e pousaram sobre cada um deles.Todos ficaram cheios do Espírito Santo e começaram a falar noutras línguas, conforme o Espírito os capacitava.


Havia em Jerusalém judeus, devotos a Deus, vindos de todas as nações do mundo. Ouvindo-se o som, ajuntou-se uma multidão que ficou perplexa, pois cada um os ouvia falar em sua própria língua. Atônitos e maravilhados, eles perguntavam:

“Acaso não são galileus todos estes homens que estão falando?Então, como os ouvimos, cada um de nós, em nossa própria língua materna? Partos,medos e elamitas; habitantes da Mesopotâmia, Judeia e Capadócia, do Ponto e da província da Ásia,Frígia e Panfília, Egito e das partes da Líbia próximas a Cirene; visitantes vindos de Roma,tanto judeus como convertidos ao judaísmo; cretenses e árabes. Nós os ouvimos declarar as maravilhas de Deus em nossa própria língua!”

Atônitos e perplexos, todos perguntavam uns aos outros: “Que significa isto? “Alguns outros, todavia, zombavam e diziam: “Eles beberam vinho demais”. Então Pedro levantou-se com os Onze e, em alta voz, dirigiu-se à multidão: “Homens da Judeia e todos os que vivem em Jerusalém, deixem-me explicar isto! Ouçam com atenção: estes homens não estão bêbados, como vocês supõem. Ainda são nove horas da manhã!Ao contrário, isto é o que foi predito pelo profeta Joel: “Nos últimos dias, diz Deus, derramarei do meu Espírito sobre todos os povos. Os seus filhos e as suas filhas profetizarão, os jovens terão visões, os velhos terão sonhos. Sobre os meus servos e as minhas servas derramarei do meu Espírito naqueles dias, e eles profetizarão. Mostrarei maravilhas em cima,  no céu, e sinais em baixo, na terra: sangue, fogo e nuvens de fumaça. O sol se tornará em trevas e a lua em sangue, antes que venha o grande e glorioso dia do Senhor.


E todo aquele que invocar o nome do Senhor será salvo!’


Oração para Pentecostes

Senhor do Poder, assim como o derramamento do Seu Espírito Santo no Pentecostes mudou drasticamente a vida dos discípulos, que o fogo ardente do Seu Espírito Santo nos refine e renove, para que nunca mais sejamos os mesmos. Que possamos agir no poder do Espírito, e que nossas vidas e ministérios sejam infundidos com Seu toque e autoridade divinos e sobrenaturais. Que o Espírito de Sabedoria e Revelação nos faça crescer em nosso conhecimento de Ti. Amém.
4 visualizações

Horários de Missa

Segunda-feira, às 7 horas

Terça a sexta-feira, às 7 horas e às 19 horas

Sábado, às 7 horas e às 18 horas

Domingo, às 7 horas 9 horas e 18 horas

DIA 13 - TREZENA DE SANTO ANTÔNIO

Missa às 15h e às 19h (Se dia de semana)

Missa às 15h e às 18h (Sábado)

Missa às 7h, 9h e 18h (Domingo)

PARÓQUIA SANTO ANTÔNIO | ARQUIDIOCESE DE BELO HORIZONTE